O nosso reino é tudo isto, e muito mais...

«Contos de fada são mais do que a verdade. Não porque eles nos dizem que dragões existem, mas porque eles nos dizem que dragões podem ser derrotados.»

~ Neil Gaiman ~

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

De coração aberto...

Não poderia vir aqui falar de mim de outra forma, por respeito a vocês e ao meu/nosso Reino.
Encontro-me de atestado médico não tendo ir trabalhar desde o início do ano...
Porquê?
Uma Depressão Aguda a que chamam Depressão Major.
*
Nesta forma de depressão pelo menos cinco dos sintomas listados abaixo têm de ocorrer por um período mínimo de 2 semanas (aconteceram-me quase todos), tendo também de representar uma mudança em relação ao humor ou comportamento prévio.
As duas pedras basilares da depressão, isto é, os sintomas que têm de estar presentes para confirmar o diagnóstico são:
- Humor deprimido – a pessoa sente-se triste e sem esperança na maioria dos dias e durante a maior parte do dia. Pode ter crises de choro.
- Falta de interesse nas actividades diárias – a pessoa não sente interesse ou prazer nas actividades de que costumava gostar. - Alterações do sono – podem ser insónias ou dormir excessivamente. É típico o acordar de madrugada e não conseguir voltar a adormecer.
- Alterações do apetite e do peso – a depressão pode-se manifestar por uma diminuição ou aumento do apetite e, consequentemente do peso (uma diminuição ou aumento do peso corporal superior a 5% do peso habitual, sem causa identificável, pode indicar depressão)
- Alterações do pensamento e da concentração – incapacidade para se concentrar ou tomar decisões e também problemas com a memória.
- Agitação ou lentificação dos movimentos corporais – o indivíduo deprimido pode parecer agitado, irritável e facilmente aborrecido, ou então parecer fazer tudo em câmara lenta, respondendo lentamente às questões, num tom de voz monótono.
- Sensação de fadiga – o indivíduo sente-se cansado e sem energia.
- Baixa auto-estima – sensação de culpa ou incapacidade de fazer seja o que for.
- Perda do interesse sexual – os indivíduos sexualmente activos antes de desenvolver a depressão sofrem uma redução dramática no interesse em ter relações sexuais.
-Pensamentos recorrentes sobre a morte e o suicídio.
***
Estou a fazer psicoterapia.
A psicoterapia trata diversos problemas psicológicos, entre os quais a depressão, a ansiedade e as dificuldades de relacionamento com as outras pessoas são os mais comuns. É uma forma muito eficaz para a resolução de problemas psicológicos, mesmo daqueles que já existem há muitos anos.
O tratamento destes problemas é feito através de conversas com um psicoterapeuta (geralmente um psicólogo). A psicoterapia ocorre em conjunto com um tratamento com um ansiolítico (Lexotan) e um anti-depressivo (Cipralex).
No caso de ter um ataque de pânico terei que colocar debaixo da língua meio Victan. Estes medicamentos não curam os problemas, mas aliviam os sintomas. Nalguns casos, como o meu, os medicamentos são mesmo necessários para melhorar o funcionamento mental, de forma a possibilitar a psicoterapia.
A psicoterapia é um processo de exploração do funcionamento psicológico com a ajuda do terapeuta, levando a um maior auto-conhecimento em relação a factores como a influência dos acontecimentos na história pessoal, a personalidade e padrões de relacionamento interpessoal. Assim, este processo propõe uma oportunidade de aprender a comportar-se, a sentir e a pensar diferentemente, de forma a desenvolver uma maneira mais produtiva e feliz de estar na vida. Dependendo do problema, um tratamento leva entre alguns meses e alguns anos.Não se pode esperar alterar uma maneira de estar na vida que existe há anos, em pouco tempo!
***
Estou aqui, sempre com o coração no Reino. No entanto preciso agora de um tempinho para me recompor...
Vou continuar a publicar fotos, tenho ainda imensos trabalhos feitos no Verão que não foram publicados, nomeadamente coisinhas natalícias que ficarão para o ano...
Daí o facto de eu ter escrito lá em cima:
«Neste momento só estamos a aceitar personalizações dos trabalhos expostos.»
Desculpem não me ter explicado antes mas só agora o CONSEGUI fazer...
***
AQUI têm algumas das coisas que têm ocupado os meus dias além das consultas...
OBRIGADO a todos pela compreensão.
***
13/11/2010 - O regresso ao trabalho.

4 comentários:

Ana Fundo disse...

Força Amiga!!!
Beijinhos grandes

Aline disse...

Oh. As melhoras rápidas. Tenta distrair-te, faz coisas giras e verás que passa.
Beijinhos
Aline

Catarina (princesa Nina) disse...

sei perfeitamente pelo que estás a passar... também me encontro assim... já em fase de desmame, dos medicamentos, mas é muito complicado... força amiga, é uma doença estranha, chega sem avisar e não larga tão depressa... acredito que estejas a sofrer... beijito gigante da Catarina (Princesa Nina), prima da lojinha doce... és uma pessoa cheia de garra, acredita nisso, tens dois filhos lindos... é dificil mas vamos sair desta ilesas... beijito com muita força amiga...

Cátia Páscoa disse...

Lembrei-me desta tua publicação e tinha que vir aqui partilhar...
Não sabia, porque nao me tinha apercebido, mas agora sei que estou a passar por uma situação semelhante. Os meus sintomas, para além da sensação de tristeza e tudo mais, ainda acrescento a dor fisica, os enjoos constantes, o coração a bater de forma estranha. Comecei agora o meu tratamento e espero que seja curto para voltar a ser o que era. Obrigada pelo que escreveste, identifico-me bastante.

Blog Widget by LinkWithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...