O nosso reino é tudo isto, e muito mais...

Roy Tanck's Flickr Widget requires Flash Player 9 or better.

Get this widget at roytanck.com
"A fantasia não é exatamente uma fuga da realidade. É um modo de a entender."
"Fantasy's hardly an escape from reality. It's a way of understanding it" (Lloyd Alexander)

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Donos ou escravos?

Curiosamente depois de interpretar a última Dharma Card que criei, consegui perceber melhor a penúltima.
Nesta, podemos ver o "oferecer" do corpo nú versus um corpo coberto por uma armadura.
O mostrar o nosso eu versus protegê-lo de modo a que nos tornamos irreconhecíveis.
Mostrar o nosso eu puro, selvagem, sem receios, sem medos versus mostrar algo que não reconheçamos ao espelho, mas que aparentemente nos dá uma sensação de proteção, intimidação, controle e por isso de conforto; que nos protege dos outros e até de nós mesmos.
Quem vos parece que tem mais medo nesta colagem?
O que oferece o peito ou o que se protege dos pés à cabeça?
Quem vos parece mais livre?
Quem vos parece mais ligado à natureza, à liberdade pessoal, à sua intuição?
Um à parte para os fãs da Guerra das Estrelas:
Sei que a sobrevivência de Anakin Skywalker (Darth Vader) só foi possível graças a esta armadura de suporte vital e que se lhe fosse retirada, lhe traria a morte em poucos minutos.
Sei que aos poucos aprendeu a viver nesse tipo de isolamento e anonimato e encontrou várias maneiras de enfrentar a sua nova condição. Que para superar as limitações que sua armadura impunha, Vader também teve que mudar o seu estilo de vida. Adicionalmente, para escapar à claustrofobia, chegou a construir diversas câmaras de meditação nas quais poderia retirar a máscara e a armadura e sobreviver. Sei que, tal como qualquer pessoa que opte por viver "armado até aos dentes" no fundo cobiça ser menos dependente das suas armaduras, e tenta mais tarde ou mais cedo sobreviver sem ela. 
Nem sempre é fácil.
Na verdade pode ser muito difícil, e é um ato ainda mais corajoso...
Mas a recompensa será proporcional.
Dá que pensar não dá?

Sem comentários:

Blog Widget by LinkWithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...