O nosso reino é tudo isto, e muito mais...

«Contos de fada são mais do que a verdade. Não porque eles nos dizem que dragões existem, mas porque eles nos dizem que dragões podem ser derrotados.»

~ Neil Gaiman ~

terça-feira, 23 de novembro de 2010

O Guizito entrevistou... Ana Paula Cavalari

O Guizito...

...artesãos brasileiros.
***
Que canais utilizas para a divulgação do teu trabalho?
Eu começei a postar fotos dos meus trabalhos no Flickr, em 2007. Ainda hoje eu utilizo o flickr para postar a maioria das fotos, mas támbém montei um blog. O blog é um local mais intimista, onde podemos escrever mais sobre nós e nossos trabalhos. Estou muito feliz com meu blog, mas ainda não sei muito bem como usar e não desfruto do tempo suficiente para deixá-lo melhor.
Flickr
Blog
*
Fala-nos um pouco de ti.
Sou uma mulher de 35 anos, mas nunca me lembro certo da idade... acho que parei na casa dos 20.... hehehehe... a cabeça sempre fica a toda, como na adolência. Fiz faculdade de medicina veterinária pela paixão que tenho aos animais. Meu mestrado foi na área de nutrição de cães e gatos, trabalhei depois com algumas marcas de ração, na parte técnica. Mesmo no perído do mestrado eu já trabalhava com artes. Pintava madeira, fiz alguns quartos para bebê até que abri uma loja. Mas mudamos de cidade por causa do emprego do meu marido e, com isso, veio a vontade de sermos pais. Então, para ficar em casa e se decdicar ao filho eu deixei a veterinária e dei asas a arte, assim poderia montar um atelier em casa. Descobri os tecidos e o patchwork no bairro onde moro, com uma amiga. Os tecidos se tornaram uma paixão e de mais fácil acesso. Assim... me dediquei ao mundo encantado dos tecidos e suas mil possibilidades. Amo desenhar, pintar e meu sonho é o mundo das aquarelas... ainda chgo lá!!! As bonecas... hum... paixão desenvolvida em um projeto que criei, junto com amigas, onde confeccionamos centenas de bonecas e cachorros para crianças hospitalizadas. Foi lindo!! 
*
Como caracterizas o teu trabalho e o que é que ele significa para ti? 
Meu trabalho é dar vida para as minhas meninas!!!  eu costumo dizer que é simples, meu trabalho é simples... eu junto um monte de coisinhas simples e fica lindo. junto um monte de cor, tecidinhos lindos, florzinhas, botões, fitinhas e vou dando vida para meninas aladas e menininhas de brincar. Eu descobri que era o meu ofício quando eu comecei a ficar até altas horas trabalhando, sem querer parar. o que eu faço me deixa em paz, eu consigo materializar meus sonhos, minhas idéias... significa meu mundo interno. É a hora que descanso...
*
Quando começaste? Quanto tempo dedicas a esta actividade agora?
Desde criança eu vejo minha mãe fazendo coisas relacionada a arte, ela era professora de crianças e viva inventando, decorando, produzindo coisas para as crianças. Ela também era inquieta e sempre estava descobrindo algo para fazer; fazia tricô maravilhosamente, pintava, e amava suas aulas de corte e costura. Mas foi em umas férias minhas, de faculdades, qeu ela me apresentou a pintura em madeira, mdf, e ai voltei para a faculdade pintando e aprendendo sozinha. Isso faz uns... 10 anos... quando mudei de cidade, foi quando ela foi morar no céu... eu descobri o patchwork e me apaixonei, em 2006. De lá para cá fui caminhando no mundo dos tecidos e hoje amo as bonecas... hoje, com casa, filho, etc... eu consigo me dedicar menos que gostaria.
*
Qual a história por trás do nome que escolheste para identificar as tuas peças?
ap.cavalari... hummmm... eu estou por trás desse nome.... Ana Paula Cavalari!
*
Costumas actualizar-te e aprender novas técnicas? O que fazes para te manter actualizada?
Como moro em um lugar afastado de aulas, eu me apego em livros, revistas, amigos e muita internet!!! 
 *
Qual o papel da tua família e qual a relação que tem com este trabalho?
Minha família vem em primeiro lugar e fazem parte desse meu nundo em tudo. Meu marido é meu maior incentivador, meu patrocinador, meu amigo, meu detalhista, meu crítico... o filhão... esse foi meu grande motivo em abraçar, de vez, esse caminho, pois poderia ficar ao seu lado em tempo integral. Fiz todo seu quarto e isso me deu uma grande satisfação. Estou tão envolvida no mundo infantil que só desejo fazer coisas relacionadas a isso.
*
Qual a peça artesanal que tens e que mais estimas (feita por ti ou oferecida) e porquê?

hummm.... difícil resposta... mas vou tentar... a arvore em madeira que desenhei e pintei para o quarto do meu filho, Francisco.
*
T
ens algum animal de estimação? Qual ou quais (nomes)?
Tenho 5 meninas! 2 cachorras velhinhas: a Frida, uma schawzer de 12 anos e uma vira-lata de husky siberiano, não sei a idade, pois era de rua. E as 3 gatas... todas de rua, uma tem mais de 10 anos, a Catarina, outra com uns 7 anos, a Mini e a Pança, que tem uns 5 anos.
*
Coleccionas algo? O quê?
Eu coleciono livros infantis e passarinhos.
 *
Quais as tuas perspectivas relacionadas com este projecto, para os próximos 2 anos?
Bom, para os proximos 2 anos as perspectivas são de andar lentamente, pois tenho mais um bebê para receber... quero ter mais um filho, então tenho que ir devagar com a produção. Mas meu desejo é criar mais algumas bonecas, e trazê-las para o mundo das aquarelas. Ah... desejo também me aventurar no mundo das palavras.
*
Conta-nos uma pequena história/curiosidade sobre ti ou sobre este teu projecto que te tenha marcado positivamente.
Não é uma história, mas preciso falar o quanto a arte me fez bem. Quando eu estava no mestrado, fazendo meu experimento, foi muito cansativo, desgastante e acabei ficando um pouco depressiva. Mas a arte veio me ajudar de forma tão silenciosa e carinhosa que só percebi o que ela tinha feito tempos depois. A arte, a arte manual resgatou uma força muito grande dentro de mim. Eu gostaria que as pessoas acreditassem nessa terapia e na força de suas próprias crições.
***
Queres divulgar o teu trabalho?
Inscreve-te AQUI.

2 comentários:

Ana Paula Cavalari disse...

Cláudia,
só preciso de dizer uma coisa, do fundo da alma: obrigada! obrigada pela entrevista e pelo espaço, mas, antes disso, obrigada por abrir as portas do seu coração e me permitir entrar, obrigada por querer estar no meu, obrigada pelas palavras de ontem e pelo carinho.
super, hiper, mega beijo!!!!
ah.. abraço de urso!!!

calma que estou com pressa disse...

oi- Parab´nes pela bela entrevista- divertida, clara..
sabe que perebo cada vez mais que a arte, artesanato está ligado às emoções, muitas (estou inclusa) entram no meio artesanato, abrem seus blogs por conta de um depressão, tristeza, solidão...
me encantei com tua arvore ue pintaste pra o Francisco-
e temos lgo emcomm tb - a miha casa está virando um gatil - gatos abandonados na rua , o povo vai transferido e larga os ichinhos aqui n vila - e agor adotamos mais uma abandonada que em poucos dias renderam mais dois gatinhos - fofos - socorro - eu não tenho mais condiçoes de ter tantos gatos, mas me apaixono por eles...
chego aqui e deparo com a boneca qe te falei
ah e as Anitas são tua mrca registrada-
adorei a enrevista -
então vamos ter mais um baby na blogosfera
bj
lu

Blog Widget by LinkWithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...